Por que eu escolhi trabalhar com moda? Qual meu propósito?

Talvez eu já tenha pincelado esse assunto, na verdade é provável que alguns assuntos se repitam, não porque estou escrevendo sobre a mesma coisa. Mas porque quando falamos de moda, de mundo, de vida, uma coisa leva a outra, nada é isolado, tudo se conecta. Bom, vamos lá… tudo começou por volta de 2000 ouContinuar lendo “Por que eu escolhi trabalhar com moda? Qual meu propósito?”

O CONTRADITÓRIO DA MODA.

Me interessei em fazer uma pós-graduação de moda, ligada a psicologia, justamente para entender como trabalhar da melhor forma essa questão contraditória da moda, que exerce um duplo papel, aproximando e afastando as pessoas, agrupando e separando, assemelhando e distinguindo. Conscientemente ou não, relacionamos o vestuário com traços daquilo que somos. Ou seja, ao vestirContinuar lendo “O CONTRADITÓRIO DA MODA.”

Feminista em construção.

Não me lembro bem da primeira vez que ouvi falar em feminismo, mas acredito que tenha sido ainda na infância, eu sabia que era algo que lutava pela igualdade de direitos das mulheres, em relação aos direitos dos homens, o que naquela época, já me parecia uma coisa certa. Na adolescência permaneci com a mesmaContinuar lendo “Feminista em construção.”

Moda: futilidade x responsabilidade.

Me lembro que quando comecei a falar que faria faculdade de moda, por volta de 2005 e 2006, muitas pessoas me diziam para fazer outro curso antes, algo que me desse dinheiro, para depois cursar o que eu queria. Alguns me olhavam com um olhar de certa surpresa, esses olhares permaneceram quando entrei no curso,Continuar lendo “Moda: futilidade x responsabilidade.”

Eu, a moda e o mundo.

Oi gente, nesse primeiro post vou falar sobre como pretendo fazer esse blog acontecer, eu já havia pensado em fazer algo assim, muitas vezes nos últimos anos, mas agora resolvi finalmente testar. Pra quem não me conhece, sou a Florence, tenho 30 anos, formada em Moda desde 2015, sigo estudando na área, me voltando agoraContinuar lendo “Eu, a moda e o mundo.”